terça-feira, 24 de abril de 2007

25 DE ABRIL SEMPRE!

4 comentários:

Tribuna Socialista disse...

33 anos passaram já desde Abril de 1974 ... dos anos da iniciativa popular, da capacidade de auto-organização operária, das mobilizações por mudanças a sério, ... , desses tempos não pode ficar só recordação. Desses tempos tem de sobrar vontade para mudar, denunciando que a democracia liberal e hiper-parlamentarizada, dos jogos de poder, dos jogos da bolsa, dos lucros monstruosos de uns e da crescente miséria de uma (cada vez mais) imensidão social, ... , não só consaequência do 25 de Abril, mas dos glopes e contra-golpes que golpearam a iniciativa social e popular.

Continuar a defender o SOCIALISMO como projecto alternativo global ao liberalismo/capitalismo e a todas as formas de totalitarismo, lutar para que o Bloco de Esquerda não se torne em mais um partido parlamentarizado como qualquer outro ... são formas de manter Abril vivo! O Abril que muitos de nós vivemos INTENSAMENTE!

João Pedro Freire
Moção D/Aderente 147

Paulo F. Silva disse...

João

Penso que interpreto correctamente o que quiseste dizer: "Abril vivo" em 2007 só pode significar uma coisa - assumir que o SOCIALISMO continua a ser possível (está bem, está bem, :-), não falo da China, de Cuba, da Venezuela e... por aí fora), desejável, e, no caso concreto de Portugal, e do Bloco de Esquerda, estamos na altura certa para voltar a falar do tão esuecieod e maltratado SOCIALISMO!

Paulo F. Silva

Paulo F. Silva disse...

Não é estranho que o 25 de Abril mereça apenas uma simples, sóbria, demasiado simples e passageira, nota de rodapé no portal de notícias "Esquerda.net"?

Paulo F. Silva

Paulo F. Silva disse...

Do 25 de Abril de 74 não guardo meras memórias saudosistas. Guardo a certeza que vale sempre a pena lutar pelo que acreditamos, contra o que consideramos errado. Após o 25 de Abril de 74 conquistamos direitos que hoje vemos tentarem espesinhar.
Uma certeza tenho, irei continuar a lutar por mais e melhor democracia e por uma sociedade justa e fraterna : o Socialismo.
Ferreira dos Santos

Site Meter